Diante do desafio de aumentar a competitividade da indústria nacional, identificando oportunidades de redução de custos e de riscos associados ao emprego formal, sem abrir mão da proteção aos trabalhadores, a CNI elaborou um conjunto de propostas para a modernização trabalhista.

 

Foram selecionados e estudados 101 problemas, que podem se refletir em custos, burocracia, insegurança jurídica, restrições à produtividade, assim como em dificuldades para os trabalhadores e para o próprio Estado, e construídas as respectivas 101 propostas de solução, reunidas em um documento intitulado “101 Propostas para Modernização Trabalhista”.

 

A ideia, portanto, é trazer à sociedade, às empresas e aos atores políticos e institucionais um conjunto de informações que permita um melhor conhecimento da realidade e de suas possibilidades de aperfeiçoamento.

 

Deste modo, a Comissão de Política Social e Trabalhista do SIQUIRJ, em parceria com o Sistema FIRJAN, promoveu o evento 101 Propostas para Modernização Trabalhista no  dia 26 de novembro, em sua sede, – analisando e discutindo os impactos destas propostas no segmento industrial.

 

Do evento, conseguiu-se identificar as propostas prioritárias do setor químico, para que sejam, posteriormente, compiladas pela FIRJAN com as propostas de outros segmentos industriais, e assim direcionadas à CNI para uma atuação mais eficiente junto às esferas política, legislativa e judiciária.