O tempo médio de liberação de cargas em 2012 nos principais aeroportos brasileiros, segundo a Infraero, foi de 175h01m, ou seja, pouco mais de uma semana. O tempo foi calculado do recebimento da carga até a sua efetiva entrega em horas corridas.

 

No aeroporto do Galeão, a liberação ocorre em média após 217h30m, ou seja, no 10º dia após a chegada da carga, enquanto em Shanghai, por exemplo, a liberação de cargas acontece em cerca de quatro horas após sua chegada e em Heathrow, na Inglaterra – o mais lento dos aeroportos internacionais analisados – o processo demora oito horas.

 

Os dados foram divulgados pelo Sistema FIRJAN, que defende o funcionamento 24h dos órgãos anuentes e a implantação de guichê único.

 

Atualmente, os órgãos funcionam apenas nos dias úteis e em horário comercial, ao contrário do que acontece nos principais aeroportos do mundo, impactando diretamente no tempo médio de liberação de cargas, nos custos e na competitividade brasileira.

 

De acordo com a nota, a maioria dos países investe em facilidades logísticas e burocráticas para garantir a competitividade. Uma delas é o funcionamento 24 horas, inclusive nos finais de semana e feriados, de todos os órgãos anuentes nos aeroportos. Além disso, os órgãos atuam de maneira integrada e centralizada, o que garante maior velocidade na liberação das cargas e a otimização do uso dos espaços de movimentação e armazenagem.
Fonte: FIRJAN