Foi realizado nos dias 11 e 12 de julho, na sede da FIRJAN, o I Encontro Estadual de Comitês de Bacias Hidrográficas do Rio de Janeiro, tendo por objetivo promover a integração e a gestão de águas nos comitês do estado. O evento serviu, ainda, como locus de organização dos entes envolvidos na gestão das águas do estado para participação no XV Encontro Nacional de Comitês de Bacias Hidrográficas, que acontecerá em Porto Alegre entre os dias 14 e 18 de outubro.

Durante o encontro, foram debatidas questões sobre a gestão compartilhada, integrada e sistêmica das águas. O presidente do SIQUIRJ e do Conselho Empresarial de Meio Ambiente da FIRJAN, Isaac Plachta, esteve presente e destacou, na abertura do evento, a importância da colaboração na gestão das águas, lembrando que a instituição acompanha regularmente as ações dos nove comitês de bacias do estado do Rio. “Entendemos que o processo participativo de gestão da água é mais do que necessário. É vital para a sobrevivência de cada um de nós. É a verdadeira ponte para a cooperação pelas águas”, afirmou.

Ainda sobre os comitês, a diretora da Gestão das Águas e do Território do Inea, Rosa Formiga, salientou que a etapa de instalação, apoio técnico e operacional já foi superada. Hoje, o estado do Rio passa por uma fase de consolidação dos comitês e fortalecimento da representatividade de sua ação.

O subsecretário estadual do Ambiente, Luiz Firmino Pereira, destacou a posição inovadora do estado do Rio como o primeiro a desenvolver planos de saneamento em conjunto com os comitês. Firmino discorreu sobre os avanços obtidos na gestão das bacias, mas alertou: “É preciso avançar ainda mais e superar os obstáculos surgidos com a diversidade das regiões”.