No último dia 16 de agosto, o Siquirj recebeu em uma sede o Diretor de Licenciamento Ambiental do Inea, Nestor Prado Junior. O encontro promovido pela Comissão de Meio Ambiente e Segurança do Siquirj, coordenada por Abílio Faia, teve como objetivo apresentar as políticas do Inea para renovação de licenças ambientais.

Na oportunidade, Nestor Prado Junior citou resoluções de órgãos como Secretaria de Estado do Ambiente, Conselho Estadual de Meio Ambiente e do próprio Inea,
que regulamentaram o Slam, apresentando seus principais pontos. Apresentou outros dispositivos legais que trouxeram inovações para o processo, disponibilizados na Área do Associado, no site do Siquirj.

Sobre o Processo Administrativo Digital, o Gerente de Atendimento do Inea, Douglas Moraes, comentou que o adjetivo é aumentar a eficiência administrativa, fazendo com que todos os servidores utilizem um sistema integrado, que possibilite a produção, trâmite, pesquisa, inserção e troca de informações disponíveis de maneira mais célere e eficiente. Foram treinados e certificados mais de 300 servidores, com quase 2.400 processos digitais abertos, e mais de 1.100 licenças emitidas com outras 1.200 em tramitação.

Em seguida, Gabriele Campagne apresentou o Aplicativo de Licenciamento Ambiental, desenvolvido pelo Inea, sendo uma substituição de parte das ferramentas do
Portal de Licenciamento, onde é possível realizar enquadramentos, gerações de boleto, agendamentos, checklists e uploads de documentos digitais para certos instrumentos a partir do Requerimento On-line. Informou que outros conteúdos ainda fazem parte do portal.

Cristiane Madeira, Gerente da Gelin, apresentou as atividades licenciadas pela gerência, bem como suas atribuições, os aspectos que avaliam. Por fim, foi aberto um
frutuoso espaço de conversas entre as empresas e o Inea, momento em que foram sanadas diversas dúvidas e sugestões foram expostas, aumentando ainda mais a integração entre o setor químico fluminense e o Inea, através do Siquirj.