O SIQUIRJ teve o privilégio de receber o Dr. Armando Guedes Coelho, Ex-Presidente da Petrobrás para uma conversa com a sua diretoria sobre “A situação atual da Petrobrás e as perspectivas para o futuro”.  O encontro foi muito importante para o setor químico fluminense construir cenários mais realistas para embasarem seus planos de crescimento e novos investimentos.

Na conversa, informal e pragmática, porém densa em conteúdo técnico, Dr. Armando comentou que a situação financeira da Petrobrás não é confortável, mas que a empresa tem quadros experientes, que certamente equacionarão o problema.  Alertou que conforme o atual marco regulatório, nos campos do pré-sal, a Petrobrás terá que participar como operadora de todos os blocos licitados, no mínimo com 30%.  Assim, quanto mais leilões ocorrerem, maiores as complicações nas finanças.  Há que se engendrar uma forma de se realizar estes leilões, flexibilizando a participação da empresa.

Quanto ao gás natural para a indústria, Dr. Armando entende que dificilmente o preço do gás da camada pré-sal, chegará ao continente nos níveis praticados nos EUA.  O motivo é que as condições de exploração na costa brasileira são muito complexas e onerosas, assim como a logística de distribuição do gás no continente também terá um custo mais elevado do que o americano.  Nestas condições, o preço do gás no Brasil será, necessariamente, mais elevado que nos EUA.

O SIQUIRJ renova seus agradecimentos pela generosidade do Dr. Armando, que se dispôs a partilhar sua competência profissional com os empresários do setor químico fluminense.

Conversa_Panoramica